Carreira

É possível aprender duas linguagens de programação ao mesmo tempo?

4 de janeiro de 2021

É possível aprender duas linguagens de programação ao mesmo tempo?

Será que é possível aprender duas linguagens de programação ao mesmo tempo? E frameworks? Veja os pontos negativos e positivos neste artigo!

aprender duas linguagens de programação ao mesmo tempo capa

Conteúdo também disponível em vídeo:

Fala programador(a), beleza? Bora aprender mais sobre o aprendizado de linguagens e frameworks, para se tornar um desenvolvedor!

Na minha opinião aprender duas linguagens ao mesmo tempo é uma enorme perda de tempo, pois você acaba dividindo a atenção em assuntos que são complexos

Vamos ao primeiro ponto:

Diferença de tecnologias

Geralmente uma pessoa que quer aprender duas tecnologias ao mesmo tempo, deseja poupar tempo

E acaba escolhendo tecnologias totalmente diferentes, por exemplo: framework de front-end e de back-end, linguagem de programação para web e linguagem para desktop

No início muitos tópicos podem ser semelhantes, então você tem a sensação de estar ganhando tempo

Porém os recursos mais básicos geralmente não são suficientes para o uso profissional de uma ferramenta

Então a partir do momento que começamos a ir para tópicos mais complexos, começamos a demorar mais para avançar

Pois estamos dividindo a atenção com outra tecnologia e também pela demora a aprender tópicos mais profundos, que necessitam de prática, projetos e exercícios

A partir deste momento começamos a não evoluir em nenhuma das tecnologias escolhidas, e é quando a maioria das pessoas se frustra

Então quando você tenta aprender duas linguagens de programação ao mesmo tempo, você não consegue se aprofundar e começa a criar uma barreira até contra a tecnologia

Esse pulo de tecnologia em tecnologia é um dos maiores problemas entre os iniciantes, eles acreditam que um recurso é complexo, mas na verdade é que não deram o tempo suficiente para aprender o mesmo, o tempo que realmente é preciso

Imaturidade na tecnologia

Quando você divide a atenção em várias linguagens ou tecnologias, mesmo que fique meses aprendendo os conceitos você não vai atingir a maturidade sem criar projetos

E projetos levam tempo para serem construídos, aprimorados e refatorados

Então entramos em uma situação bem interessante, a nossa vontade de poupar tempo está na verdade nos tirando tempo ou até adiando a nossa aprendizagem

Isso por que em empresas não vamos ficar trabalhando na parte superficial de uma tecnologia, linguagem, framework ou biblioteca

Nossos superiores vão exigir o maior nível técnico possível nas competências da vaga

Então como você vai atingir este nível alto de maturidade se não tem projetos?

Projetos pessoais são as situações mais próximas do dia a dia de um trabalho como programador

Então pense bem ao estar trocando o avançado de uma tecnologia pelo básico de duas ou três

Especialista x Generalista

Outro ponto importante que entra nesta questão de várias tecnologias é o profissional especialista x generalista

Não há uma fórmula correta para seguir e nem sabemos o que as empresas vão pedir ao certo

Mas muitas pessoas pensam que aprender mais de uma linguagem vai tornar elas generalistas e dessa forma a chance de conseguir emprego é maior

Porém não é possível comprovar isso, pois cada empresa pede uma stack específica, que pode variar de front, back ou até full stack

Então se eu precisasse escolher novamente, seria ser especialista em uma linguagem ou tecnologia, para que pudesse conseguir algo concreto, mesmo que teoricamente eu tivesse menos chances por saber menos tecnologias

E por que eu escolheria este caminho?

Simples, eu teria mais perícia em uma tecnologia específica, portfólio de projetos, quase que uma experiência comprovada

Frustração

Uma das piores sensações é a de estar dias e dias batendo a cabeça em algo, e parece que não aprendemos, não progredimos

E acontece muito com os iniciantes na programação

Geralmente por um assunto ser considerado difícil, então vem várias ideias na cabeça: decorar, pular de assunto, trocar linguagem/framework

Mas na verdade esta é a abordagem errada, tudo na vida tem um tempo certo para ser aprendido

E isso ainda varia de ser humano para ser humano

Então estar tentando aprender vários assuntos ao mesmo tempo pode gerar frustração em nós, o que pode ser prejudicial para a nossa carreira

Se você já sentiu isso, talvez seja hora de reconsiderar, tentar aprender novamente o ponto que teve dificuldade

E eu diria mais: por perspectivas diferentes, fontes diferentes

As vezes pode ser o instrutor ou até mesmo o material que você esta utilizando como referência

Tente alternar ou utilizar mais fontes, pode ser um ótimo método para o tópico em questão penetrar na sua cabeça

Quando é legal conciliar aprendizado de tecnologias?

Há situações que podemos e até devemos aprender tecnologias distintas

E quando sabemos que é a hora?

Quando há uma intersecção na tecnologia que estamos aprendendo, por exemplo: Vamos aprender Angular, mas não sabemos algum tópico específico de JavaScript que é utilizado no framework

Então podemos tirar um tempo para entender este recurso que é utilizado lá de forma interna, para aprendermos melhor o Angular

Geralmente frameworks e bibliotecas requerem uma gama maior de conhecimentos prévios

Nem sempre temos todos estes conhecimentos de forma avançada, e um dia vamos precisar deles

Então quando para aprender direito a tecnologia principal, as vezes é necessário dividirmos o aprendizado

Pois se não fizermos isso, não aprenderemos completamente o que é nosso objetivo

Conclusão

Neste artigo aprendemos por que não devemos tentar aprender duas linguagens de programação ao mesmo tempo

Esta ação pode levar a frustração ou até mesmo o estudante a desistir da programação

O fácil aprendizado de assuntos mais superficiais nos engana, parece que estamos evoluindo

Mas na hora de criar projetos ou aprender assuntos mais complexos, perdemos tempo pois são tópicos mais demorados e não conseguimos conciliar as duas tecnologias que estamos tentando aprender

E se conseguirmos, podemos levar mais tempo para internalização de conhecimento, evolução do projeto e correção de eventuais bugs

Confira também nosso catálogo de cursos gratuitos, com aulas semanais no YouTube

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x