CSS HTML

Aprenda tudo sobre Flexbox CSS

16 de agosto de 2021

Aprenda tudo sobre Flexbox CSS

Neste artigo você vai aprender tudo sobre Flexbox CSS, um recurso muito interessante para posicionar elementos e também estruturar layouts

Flexbox CSS capa

Veja o conteúdo deste artigo em vídeo:

Fala programador(a), beleza? Hoje é o dia para você dominar completamente o recurso de CSS Flexbox!

O que é o Flexbox?

Primeiramente gostaria de apresentar alguns conceitos teóricos sobre o Flexbox, que são muito importantes para o entendimento do todo

Flexbox é um valor da propriedade display do CSS, ou seja, uma adição de funcionalidade a esta antiga propriedade

Como os outros valores de display, o flex vai modificar o modo como os elementos são exibidos

Além disso, sempre estaremos colocando esta propriedade no elemento pai para afetar os elementos filhos

Precisamos criar uma espécie de container para envolver outros elementos e conseguir trabalhar com o flex

E ainda há uma particularidade interessante do Flexbox, que condiciona seus elemento sempre a uma direção

Por padrão os elementos são dispostos em linha (row), mas podemos alterar para a disposição colunar (column) também

Agora que os conceitos estão explicados, vamos para a parte prática!

Como adicionar o flex ao CSS?

Como dito anteriormente, vamos precisamos encapsular elementos a um elemento pai

Aplicando a propriedade display com flex a este elemento

Veja o código a seguir:

    <div class="container">
      <div class="item">1</div>
      <div class="item">2</div>
      <div class="item">3</div>
    </div>

Este será o nosso HTML inicial, veja o CSS para aplicar o flex:

.container {
  display: flex;
}

Só com isso já conseguimos mudar como os elementos se comportam dentro desta div, porém para melhorar a visualização no navegador, vamos adicionar mais alguns estilos, veja:

.container {
  display: flex;
  background-color: #eee;
  border: 2px solid red;
  padding: 15px;
  max-width: 300px;
}

.item {
  background-color: #ccc;
  border: 2px solid blue;
  width: 50px;
  height: 50px;
}

Isso no navegador resulta em:

flexbox css 1

Veja que apenas com esta regra já temos uma alteração de como as divs se posicionam, no estado padrão elas são consideradas elementos de bloco, ocupando toda a largura do elemento pai

Já aqui ficam uma ao lado das outras, formando o layout linear, que é o padrão do Flexbox CSS

Sobre o container do Flexbox

Podemos aplicar regras de posicionamento tanto para o elemento pai, como também para os elementos filhos

Primeiramente vamos aprender como alterar a disposição a partir do elemento pai, e depois veremos as regras individuais

Como você já entendeu, o padrão de disposição é em row, mas podemos alterar para colunas

Com a propriedade flex-direction, o valor default é row e podemos colocar column, veja:

.container {
  display: flex;
  background-color: #eee;
  border: 2px solid red;
  padding: 15px;
  max-width: 300px;
  flex-direction: column;
}

Adicionamos a regra por último em .container, agora veja o resultado:

flex direction column flexbox

Há casos que esta formatação atende melhor nossos elementos, e é muito semelhante ao comportamento de divs sem o flex

Vamos remover agora o layout colunar e continuar a falar de outras regras do flex

Alinhamento com Flexbox

Podemos alinhar os itens na horizontal e também na vertical

Para o alinhamento horizontal utilizaremos justify-content, com esta regra temos algumas possibilidades

Alinhar ao centro:

.container {
  display: flex;
  background-color: #eee;
  border: 2px solid red;
  padding: 15px;
  max-width: 300px;
  height: 300px;
  justify-content: center;
}

Veja o resultado:

justify content center css

Com espaço entre os itens, apenas mudamos o valor de justify-content para space-around ou space-between, veja:

justify-content: space-around;

E o resultado será:

justify content space around css

Há diversas regras para o alinhamento horizontal, as mais utilizadas foram exibidas aqui

Geralmente queremos centralizar os itens ou espaçá-los de forma igual

E tudo isso pode ser feito na vertical também, para este fim a regra é align-items, também do Flexbox CSS

Vamos adicionar esta propriedade para alinhar os elementos ao centro, veja:

.container {
  display: flex;
  background-color: #eee;
  border: 2px solid red;
  padding: 15px;
  max-width: 300px;
  height: 300px;
  justify-content: space-around;
  align-items: center;
}

Este é o código atual da classe container, apenas a última linha foi adicionada

Veja o resultado:

align items center css

Agora os itens também estão alinhados ao centro na vertical!

Podemos também colocar no fim da área útil, alterando align-items para o valor flex-end, veja:

align-items: flex-end;

Com este valor em align-items teremos o seguinte resultado:

flex end flexbox

Outra propriedade interessante é a flex-wrap, quando o limite de pixels da área é atingido pelos itens, uma nova linha é criada

Precisamos alterar nosso HTML:

    <div class="container">
      <div class="item">1</div>
      <div class="item">2</div>
      <div class="item">3</div>
      <div class="item">4</div>
      <div class="item">5</div>
      <div class="item">6</div>
      <div class="item">7</div>
    </div>

E o CSS final de container é:

.container {
  display: flex;
  background-color: #eee;
  border: 2px solid red;
  padding: 15px;
  max-width: 300px;
  height: 300px;
  justify-content: space-around;
  align-items: flex-end;
  flex-wrap: wrap;
}

Veja como fica no navegador:

flex wrap css

Veja que a nova linha segue as regras anteriores, ou seja, o space-around de justify-content é mantido

E assim podemos criar um layout com múltiplas rows com Flexbox do CSS! 🙂

E as propriedades de itens?

As regras passadas anteriormente são as mais utilizadas para o container principal, porém podemos alterar os itens individualmente também

E há outras propriedades super importantes para eles também

Primeiramente vamos falar de flex-grow, esta controla o tamanho do elemento no container

Para este fim vamos utilizar um novo HTML:

    <div class="container">
      <div class="box" id="item-1">1</div>
      <div class="box" id="item-2">2</div>
      <div class="box" id="item-3">3</div>
    </div>

Adicionamos ids para tratar de forma específica cada um dos itens

Agora veja o que podemos fazer com o grow:

.box {
  background-color: #ccc;
  border: 2px solid blue;
  height: 50px;
}

#item-1 {
  flex-grow: 2;
}

#item-2,
#item-3 {
  flex-grow: 1;
}

Não estamos mais determinando uma largura para o elemento, logo deixamos a cargo do flex

Isso faz com que o grow deixe os elementos proporcionais, como você pode ver os itens 2 e 3 estão com proporção 1

Enquanto o item 1 tem proporção 2, ou seja, ele é duas vezes maior que os outros sempre

Veja a representação:

grow

Outra propriedade interessante é a flex-basis, que permite determinar um tamanho base para o elemento

Ou seja, se definirmos um elemento com 200px de basis, ele inicia na página com esta largura

Veja um exemplo:

#item-2 {
  flex-basis: 100px;
}

Adicionamos esta regra ao item 2, veja como ele fica no navegador:

basis

Perceba que o elemento 2 sai do fluxo do grow, pois ele tem um basis, que tem a preferência

Então ele acaba sendo maior que o elemento 1, que continua sendo o dobro do elemento 3

Há também a propriedade flex-shrink que afeta como o elemento é reduzido, com base nos outros

Quanto maior o valor, mais ele é reduzido quando a área do container vai ficar menor

Porém para ela funcionar, precisamos que grow e basis estejam definidos!

Veja um exemplo:

.box {
  background-color: #ccc;
  border: 2px solid blue;
  height: 50px;
  flex-basis: 30px;
}

#item-1 {
  flex-grow: 2;
}

#item-2,
#item-3 {
  flex-grow: 1;
}

#item-2 {
  flex-basis: 100px;
}

Este é o código completo dos itens, adicionando um basis padrão para todos os itens

Agora vamos colocar um shrink de 2 no item 3:

#item-3 {
  flex-shrink: 2;
}

Seguindo esta lógica, o item 3 deve encolher duas vezes mais que os outros itens

Veja o que temos no navegador quando a área total diminui:

shrink

Note como o item 3 ficou um pouco menor, em relação aos demais

Alterando a ordem dos elementos com Flexbox CSS

Vimos todas as principais propriedades de comportamento do Flexbox, em relação a posicionamento de elementos e também do tamanho deles

Porém uma outra regra muito interessante do Flexbox é a order

Esta regra permite trocar a ordem dos elementos apenas baseando-se em CSS

Veja um exemplo:

#item-1 {
  order: 3;
}

#item-2 {
  order: 1;
}

#item-3 {
  order: 2;
}

Aqui alteramos a ordem de todas as caixas, deixamos: 2, 3 e 1

Veja como fica no navegador:

order

Esta propriedade é interessante para media queries, por exemplo

Podemos mudar a disposição dos elementos, baseado em uma resolução

Isso acontece de forma muito recorrente no mobile, onde precisamos deixar elementos mais importantes na frente, e podemos fazer facilmente com o order do Flexbox!

Conclusão

Neste artigo você aprendeu a como utilizar as principais regras de Flexbox CSS

Que é um recurso fundamental para estruturar layouts nos dias de hoje

Facilita muito o trabalho com o posicionamento de elementos, minimizando nosso trabalho com outras regras de display, float e também positions

Com certeza aprender o Flexbox fará você ganhar tempo no desenvolvimento do front-end da sua aplicação

Confira nossos cursos gratuitos no Youtube, com vídeos todos os dias!

Se inscreva e ative o sininho para receber as notificações e aprender mais ainda sobre desenvolvimento web!

Veja também nosso catálogo de cursos na Udemy, todos com exercícios e projetos práticos, nas mais diversas tecnologias

O link acima contém um cupom de desconto para os cursos!
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x